Tiro de Guerra seleciona atiradores para 2020

 Tiro de Guerra seleciona atiradores para 2020

 

O Tiro de Guerra de Araxá seleciona, entre esta terça-feira e sexta, de 18 a 21/02, os candidatos que terão o posto de atiradores antes do início das instruções em 2020. Um dos critérios é que os candidatos sejam voluntários, ou seja, que desejam fazer passar pelo processo espontaneamente. Dentre os 336 candidatos, 150 serão escolhidos. O processo aconteceu no auditório da sede, onde os candidatos aguardavam o nome ser chamado para a última entrevista antes de saber se vão ou não prestar o serviço militar entre março e novembro deste ano.

 

O contato individual com os instrutores é pontual. São perguntados todos os detalhes da vida desse possível atirador. A seletiva, que se iniciou nesta segunda-feira, 17, vai até o dia 21 de fevereiro. O processo teve 736 inscrições, até chegar aos 336 que participam da última etapa. De acordo com o chefe de instrução Ney Lúcio do Nascimento, o serviço militar brasileiro é obrigatório e se divide em etapas que sucedem ao longo do ano. Desde 2003, as fases do processo de recrutamento são comuns à marinha e à aeronáutica, unificadas no âmbito do Ministério da Defesa. A triagem segue com os fatores pontuais quanto à permanência deles no TG 04 001, verificando motivos que possam evitar caos social e financeiro.

 

O trabalho realizado pelos escolhidos se divide entre a parte de instrução, no qual terão uma formação básica do atirados em combate, e o serviço de apoio à comunidade. Pais e empregadores desses jovens também recebem instruções, feitas pelo capitão Nascimento. A solenidade de início das instruções acontece na segunda semana de março.

Outras Notícias