Plataforma virtual divulga pequenos comerciantes e autônomos em Araxá

 Plataforma virtual divulga pequenos comerciantes e autônomos em Araxá

 

Com isolamento social e impedimento do funcionamento de diversos tipos de empresas e serviços, o comércio, e quem vive dele, acaba sofrendo as primeiras consequências da crise econômica nesse tempo de pandemia do Covid-19. É o que se tem visto desde que o Ministério da Saúde, as Secretarias de Estado e as Municipais de Saúde, seguindo as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), emitiu os decretos de quarentena, com vistas a impedir a disseminação do novo coronavírus. Araxá seguiu o ritmo e as regras apresentadas. O comércio parou. Ficaram permitidos apenas alguns estabelecimentos essenciais à comunidade.

 

Pensando nos demais serviços e empreendimentos do município, um grupo de voluntários em Araxá, trabalhou e colocou no ar nesta quinta-feira, 09/04, uma plataforma que reúne pequenos empresários e autônomos, que podem apresentar os serviços e produtos, ganhando a chance de estar em atividade de uma forma segura e sem desrespeitar o isolamento. É o site “Araxá Sem Corona”, que pode ser acessado pelo endereço www.araxasemcorona.com.br.

 

“Através deste projeto vamos auxiliar pequenas empresas e profissionais autônomos a divulgarem o seu estabelecimento através de uma plataforma, onde, o usuário terá acesso à diversos segmentos e variedades de empresas durante o período da Pandemia, fazendo com que em um só lugar, seja possível encontrar o que precisa, receber em casa o seu produto e o mais importante, se manter em isolamento social”, diz nota de apresentação do site.

 

Empresas e profissionais já podem se cadastrar. O projeto foi concebido sem fins lucrativos e sem nenhum vínculo empresarial, pessoal e político partidário. A plataforma colabora com que os pequenos comerciantes de Araxá, que não tem uma Rede Social, ou um atendimento por meio digital estruturado, possam oferecer seus produtos e serviços. Tem espaço ainda aos entregadores delivery. O site conecta as empresas, os entregadores e o cidadão, que seguindo o isolamento social, pode fazer a compra sem sair de casa dos mais variados produtos. A plataforma reúne as informações de contato de WhatsApp e Redes Rociais, permitindo a realização do negócio e assim, de alguma forma, movimentando a engrenagem econômica da cidade. A página eletrônica já está no ar e as empresas descritas já atendendo, conforme as informações disponíveis de contato.

Outras Notícias