Operação Malebolge: mandado de busca e apreensão é cumprido em casa de empresário

 Operação Malebolge: mandado de busca e apreensão é cumprido em casa de empresário

 

Em continuação à operação “Malebolge”, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, na manhã desta quinta-feira (27/08), mandado de busca e apreensão, em uma casa no bairro Novo São Geraldo, em Araxá. A casa é de um empresário que também mantém contrato com a Prefeitura Municipal de Araxá. De acordo com as investigações, ainda em andamento, este empresário têm ligações de parentesco e também comerciais com dois suspeitos que já foram presos pela PCMG.

 

De acordo com o delegado Renato Alcino, que preside as investigações, o objetivo das buscas foi encontrar documentos que corroborem com a investigação em curso. “O material encontrado está sob análise da equipe de investigação”, explicou.

 

Em relação à transferência dos suspeitos que foram presos preventivamente – de Sacramento para Araxá – o procedimento foi realizado dentro de protocolo de prevenção contra o Covid-19, estabelecido pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública. Eles foram remanejados para Araxá, onde o fato está sendo investigado. O suspeito que foi preso temporariamente, permanece no município de Sacramento.

 

A Polícia Civil vai avaliar a possibilidade de pedir a conversão da prisão temporária em preventiva. “Sobre os desdobramentos da investigação, trabalhamos ainda com as provas e os documentos que foram colhidos nos últimos dias e a partir daí finalizaremos a investigação no que diz respeito à primeira etapa, uma vez que o prazo da prisão expira no fim de semana e o prazo para a conclusão das investigações encerra-se na próxima semana”, finalizou o delegado Renato Alcino, que coordena as investigações.

Outras Notícias