MG inicia desinfecção contra a Covid-19

 MG inicia desinfecção contra a Covid-19

 

Uma das ações realizadas na prevenção e combate à pandemia da Covid-19 é o treinamento para a desinfecção de ambientes. Cerca de 80 profissionais de 14 municípios da região metropolitana e central do Estado participaram desta primeira fase da capacitação. Os agentes foram indicados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e levarão os conhecimentos e técnicas para serem implementadas nos municípios onde residem. Em Araxá os pontos de maior aglomeração de pessoas começaram a receber uma higienização reforçada na última terça-feira (07/04). Os profissionais da área da Saúde e Serviços Urbanos estão pulverizando com hipoclorito de sódio e água, locais como o Calçadão da rua Presidente Olegário Maciel, Terminal Rodoviário, acesso às agências bancárias e à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pontos de ônibus, calçadas e praças.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgard Estevo, ressaltou a importância de levar o conhecimento e conscientizar as pessoas para a prevenção e combate ao coronavírus. A capacitação foi direcionada, principalmente, para locais de grandes aglomerações, como estações de ônibus. “O objetivo foi capacitar as defesas civis municipais, as guardas municipais, para que eles possam levar aos seus municípios, dentro da sua realidade e seu cronograma, o trabalho de desinfecção das estruturas que eles tenham. Mas também estamos deixando um legado para a população, mostrando que podemos fazer de forma efetiva e com baixo custo a redução de contaminação. Estamos dando o exemplo para a sociedade de que todo mundo pode ajudar neste momento tão delicado em nosso país”, afirmou o coronel Estevo.

 

Treinamento – A capacitação foi realizada entre os dias 07 e 09 de abril, na sede do 12º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha do Exército Brasileiro. O treinamento foi ministrado por militares que atuam na Seção de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear da Escola de Instrução Especializada do Exército Brasileiro e bombeiros militares do Pelotão de Emergências Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares. A instrução permite que os profissionais das Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil tenham uma visão geral sobre o risco de contaminação do coronavírus e a importância do procedimento de desinfecção das áreas públicas de grande circulação de pessoas para a prevenção da disseminação do vírus. Eles também foram orientados quanto às soluções disponíveis para a sanitização, os riscos destes produtos e a forma adequada de utilizá-los.

 

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) também foram foco da capacitação, que mostrou a maneira correta da colocação e retirada, bem como o descarte correto dos EPI’s e resíduos gerados na desinfecção. Os profissionais ainda aprenderam sobre o risco oferecido pelo coronavírus, suas formas de transmissão e o tempo estimado de permanência nas diferentes superfícies. Com isso, a expectativa é que repassem as orientações aos municípios de origem para que o esforço se multiplique em todo o estado.

Outras Notícias