MG decreta situação de emergência devido ao coronavírus

 MG decreta situação de emergência devido ao coronavírus

Reprodução

 

O Diário Oficial de Minas Gerais trouxe, nesta sexta-feira, 13/03, a informação de que o governador Romeu Zema (Novo) decretou situação de emergência em saúde pública no estado, em decorrência da pandemia de coronavírus. Estão previstas a realização compulsória de exames médicos, coleta de amostras clínicas, testes laboratoriais e vacinação. Até o momento existem apenas dois casos confirmados da doença e 117 suspeitos. De acordo com A Secretaria de Estado de Saúde (SES), são investigados, no entanto, 289 possíveis infecções. As informações foram divulgadas em boletim epidemiológico na tarde desta quinta-feira, 12/03.

 

Em Araxá, dois casos de coronavírus estão sendo investigados. O primeiro foi notificado no dia 28 de fevereiro. Trata-se de um homem de 37 anos que teve contato com alguém que esteve na Itália. Ele está em isolamento domiciliar. O segundo caso suspeito em Araxá é de uma paciente mulher de 23 anos que viajou para a Europa. O caso foi confirmado pela SES nesta quarta-feira, 11/03. Ambos pacientes fizeram exames que foram enviados à Belo Horizonte. Já os casos confirmados em Minas são de uma mulher de 47 anos moradora de Divinópolis, que viajou para a Itália. Ela apresentou mialgia e coriza e não hospitalizou. Ela está em isolamento domiciliar. A segunda confirmação veio de uma paciente de Ipatinga, de 38 anos. Ela apresentou tosse e febre, com evolução para dor de garganta. A paciente também não foi hospitalizada e está em isolamento domiciliar.

 

Assinado pelo governador Romeu Zema, o decreto que começa a valer a partir de hoje, 13/03, e vigora enquanto perdurar o estado de emergência, dispensa a licitação de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento do surto global. Além disso, a medida cria o Centro de Operações de Emergência em Saúde – COES-MINAS – COVID-19, coordenado pela SES/MG, cuja função é monitorar a epidemia.

Outras Notícias