Malebolge: prisões temporárias de jovem e contador são prorrogadas

 Malebolge: prisões temporárias de jovem e contador são prorrogadas

 

A segunda fase da Operação Malebolge da Polícia Civil de Araxá, iniciada na última quinta-feira, dia 20 de agosto de 2020, teve mais duas pessoas presas. Um jovem de 23 anos, filho do casal de sócios administradores da empresa investigada e o contador deles, que tiveram os mandados de prisão temporária cumpridos na manhã de 20/08. Eles são acusados de terem envolvimento na investigação que apura desvios de recursos públicos por meio de fraudes na execução de contratos de prestação de serviços de transporte com a Prefeitura Municipal de Araxá.

Nesta terça-feira, 25 de agosto, data em que vence o prazo de cinco dias da prisão temporária deles, a assessoria de comunicação da Polícia Civil de Minas Gerais, informou que as prisões temporárias dos dois investigados presos na quinta-feira foram prorrogadas pela Justiça por mais cinco dias, prazo que segue até domingo, dia 30 de agosto. Na tarde de hoje (25/08), na sede da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, serão realizados novos interrogatórios.

 

Operação Malebolge

Resultado primeira e segunda fase Operação Malebolge: 05 prisões preventivas, 07 prisões temporárias, 13 mandados de busca e apreensão cumpridos, 20 veículos apreendidos (um deles foi liberado, os demais permanecem apreendidos), 30 veículos bloqueados, 26 imóveis bloqueados, 02 empreendimentos imobiliário horizontal. O inquérito tem mais de 14 mil páginas, e a equipe da PCMG de Araxá tem até o dia 04 de setembro para a conclusão.

Outras Notícias