Implantação de placas Mercosul em Minas Gerais começam em março

 Implantação de placas Mercosul em Minas Gerais começam em março

Reprodução

 

Duas empresas em Araxá manifestaram interesse em realizar a implantação no novo modelo de identificação veicular, de acordo com informações do delegado de trânsito do município, Renato Alcino Vieira. O credenciamento e cadastramento das empresas já foram feitos e estão sendo analisadas. Ainda segundo o delegado, a implantação será iniciada em 2 de março se tudo correr como esperado, caso contrário, o prazo será novamente prorrogado. O credenciamento e cadastramento de estampadoras e fabricantes de placas veiculares é o primeiro passo para o processo de implantação das placas Mercosul.

 

O Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) esclarece que em junho de 2019 o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu que o órgão refizesse todas as adequações de sistema que foram determinadas pelas Resoluções publicadas até então, inclusive em relação ao credenciamento. Portanto, para atender todos os municípios do estado, foi adotado um cronograma de estudos técnicos para a implantação do novo sistema de identificação veicular, inclusive a realização de duas audiências públicas garantindo a transparência do processo. Estas exigências culminaram na Portaria 49 que regulamenta o credenciamento das empresas.

 

O Detran-MG informou por meio de Portaria que os sistemas informatizados que vão operar o novo modelo de emplacamento e credenciamento das estampadoras já estão prontos e todas as demais etapas estão sendo analisadas no prazo máximo de 30 dias. Inicialmente, este prazo poderia ser prorrogado para mais 30 dias. O objetivo da troca de placas é facilitar a circulação entre os países que compõem o Mercado Comum do Sul (Mercosul). O novo modelo é obrigatório em todo território nacional para os carros novos e, também, aqueles que passaram por mudança de município ou tiveram a placa danificada.

Outras Notícias