Fevereiro tem bandeira tarifária verde

 Fevereiro tem bandeira tarifária verde

 

A bandeira tarifária no mês de fevereiro será verde, é o que informa a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com a agência, o mês deverá ser chuvoso nas áreas onde estão localizados os principais reservatórios das hidrelétricas e o custo da geração de energia será menor. Assim, não será necessário utilizar as usinas termoelétricas, que custam mais para gerar energia e refletem na conta do consumidor.

 

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD). As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração, sendo a bandeira vermelha a que tem um custo maior e a verde, o menor.

 

As bandeiras sinalizam o custo real da energia gerada e possibilitam que os consumidores programem o uso da energia naquele mês. Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

Outras Notícias