Baixas temperaturas reforçam importância de prevenção à Covid-19

 Baixas temperaturas reforçam importância de prevenção à Covid-19

 

Conscientização da população também ajuda a evitar outras doenças respiratórias comuns no inverno. Até o momento, a taxa de ocupação geral de leitos de UTI está em 64,93% e de leitos de enfermaria está em 58,66%. As baixas temperaturas registradas recentemente em Minas Gerais reforçam a importância das medidas de prevenção à Covid-19. O tema foi abordado pelo secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, em coletiva virtual realizada ontem (25/08). As doenças respiratórias apresentam relação com a temperatura porque as pessoas tendem a ficar em ambientes mais fechados e com ventilação reduzida por causa do frio. Por isso, é fundamental que a população mantenha distância mínima de um metro em lugares públicos e em momentos de convívio social, além de não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara com as mãos não higienizadas.

 

Também é essencial lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão — ou realizar a higienização com álcool em gel 70%.

 

Amaral destacou que o processo de conscientização desenvolvido para prevenir a Covid-19 em Minas Gerais também auxilia no combate a outras doenças respiratórias. “Este ano é atípico, pois a sociedade está muito sensibilizada quanto à necessidade de adoção de cuidados pessoais e à prevenção da transmissão de vírus via aérea. Nós já temos conhecimento prévio de que aglomeração vinculada ao frio aumenta a possibilidade de transmissão de doenças”, explicou.

Outras Notícias