Avaliação da alfabetização será feita por amostragem

 Avaliação da alfabetização será feita por amostragem

Prova foi ampliada para alunos do 9º ano

Os testes de ciências da natureza e ciências humanas para estudantes do 9º ano e a avaliação da alfabetização do 2º ano do ensino fundamental serão feitos por amostragem em 2019. O Sistema de Avaliação da Educação Básica, Saeb, será aplicado pela primeira para estudantes do 9° ano do ensino fundamental. Já a avaliação da alfabetização era aplicada de forma censitária até 2016, ou seja, para todos os estudantes do 3° ano, no período de dois em dois anos, nos anos pares.

 

Com a aprovação da Base Nacional Comum Curricular, em 2017, e a previsão de que os estudantes devem ser alfabetizados até o 2° ano, o governo decidiu unificar essa avaliação com as demais, aplicadas nos anos ímpares. Para tanto, optou por cancelar a avaliação prevista para 2018, e implementá-la em 2019 para estudantes do 2º ano.

 

O Saeb é formado por um conjunto de avaliações relativas à qualidade da educação do país, que permitem ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Inep, fazer diagnósticos sobre educação básica do país. A partir das análises, busca-se identificar fatores que possam interferir no desempenho do estudante, de modo a subsidiar políticas públicas para o setor. É por meio das médias de desempenho do Saeb e de dados sobre aprovação obtidos no Censo Escolar que se compõe o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Ideb.

 

O orçamento previsto para avaliar 7 milhões de crianças é de R$ 500 milhões. As avaliações serão aplicadas entre 21 de outubro e 1° de novembro em todo país, por meio de questionários que serão enviados a secretarias estaduais e municipais; diretores, professores e alunos das escolas; profissionais que acompanham estudantes da educação especial. Os resultados estarão disponíveis até dezembro de 2020.

Outras Notícias