Aulas 100% presenciais na cidade voltam a partir da próxima segunda-feira

 Aulas 100% presenciais na cidade voltam a partir da próxima segunda-feira

Foto: Ascom PMA

As escolas municipais de Araxá retomam as aulas 100% presenciais na próxima segunda-feira, 7 de fevereiro, mesma data que vai ocorrer o retorno nas instituições estaduais de ensino. Elas acontecem em horário normal, exceto para as crianças de 4 meses a 3 anos de idade que nos primeiros dias ficam em horário reduzido para adaptação. A Prefeitura garante que todas as unidades de ensino estão com os protocolos sanitários atualizados para volta às aulas. Segundo ainda informações da Assessoria de Comunicação, o retorno se deve também a campanha de vacinação infantil que está avançada, porém não foi citado o número de crianças já vacinadas até o momento.

O protocolo prevê o uso de máscara, a higienização constante das mãos e do ambiente escolar e a utilização de copos e garrafas individuais. Esse retorno dos alunos às atividades escolares presenciais é obrigatório em todo Estado e compreende todos os níveis de ensino das redes pública e particular.  A única exceção é para estudantes com condição de saúde de maior fragilidade à Covid-19, comprovada com prescrição médica.

A Secretaria Municipal de Educação também realizará uma campanha de conscientização de volta as aulas. O objetivo é esclarecer os estudantes sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar as contaminações por coronavírus e alertar pais e comunidade escolar de que os protocolos sanitários precisam ser cumpridos por toda a comunidade escolar.

De acordo com a secretária de Educação, Zulma Moreira, o retorno das aulas presenciais é extremamente importante para o desenvolvimento da aprendizagem das crianças. “O município tem se preocupado muito com a saúde  e também com o aprendizado dos alunos. Precisamos recuperar o prejuízo que as crianças sofreram neste longo período que ficaram afastadas da escola. Além disso estamos cientes das consequências emocionais, como problemas de ansiedade e depressão, decorrentes do afastamento das crianças e jovens do ambiente escolar. Portanto é necessário que os alunos retornem, com segurança, para as escolas.”

Foto: Ascom PMA

Outras Notícias